Casadas infieis são cada vez mais

cada vez mais casadas infieis

Todos conhecemos casos de mulheres casadas infieis, mas a verdade é que o número de mulheres que traem os maridos pode ser ainda maior do que pensamos. Por culpa, vergonha, medo, receio de descriminação ou simplesmente porque querem manter o segredo muito bem guardado, muitas são as mulheres que procuram sexo extraconjugal e não admitem trair ou ter traído o marido.

Quantas casadas infieis admitem a traição?

Quando confrontadas com a pergunta, muitas mulheres optam por negar a infidelidade. O Journal of Family Psychology tentou saber quantas mulheres casadas são infieis, recorrendo a entrevistas presenciais e inquéritos anónimos. Nas conversas pessoais, apenas 1% das mulheres admitiu ser infiel; mas o número sobe para 6% quando os questionários são feitos de forma anónima. Ainda nos Estados Unidos, o General Social Survey, que analisa o comportamento social dos norte-americanos, concluiu que as casadas infieis são cerca de 7% das mulheres  E verificou também que a infidelidade feminina em mulheres com mais de 60 anos subiu de 5% em 1991 para 15% em 2006. Um número exactamente igual ao registado em mulheres com menos de 35 anos. Ou seja, a ideia de fidelidade eterna já não é o que era e não são apenas as mulheres mais jovens a contribuir para esta realidade.

A infidelidade das mulheres portuguesas

Com a entrada no mercado de trabalho, a autonomia económica e a libertação sexual, as mulheres (em geral), mas também as mulheres portuguesas, começam a ter comportamentos cada vez menos tradicionais e a procurar fora de casa a satisfação sexual ou amorosa que não encontram com os maridos.

Um estudo idêntico (ao que é mencionado acima) sobre a vida sexual portuguesa solicitado pelo canal Odisseia à empresa de sondagens Eurosondagem, mostra que 15% dos portugueses (25% dos homens e 6% das mulheres) admitiram trair regularmente seu parceiro. Se quer saber mais sobre os números da infidelidade dos portugueses, consulte este artigo: “Mulher procura sexo extraconjugal“.

A maior tolerância da sociedade em relação aos flirts e à infidelidade feminina sente-se sobretudo nas culturas ocidentais e contrasta fortemente com o que se passa por exemplo em países islâmicos, onde as mulheres casadas infieis sofrem agressões, humilhações, espancamentos e até a condenação à morte.

Na nossa sociedade, porém, as coisas são bem diferentes e até existem vários sites e fóruns online totalmente dedicados a este tema. O que prova que as mulheres casadas infieis não são uma espécie rara, mas sim uma realidade muito comum. E em franco crescimento como atesta o numero de inscritas no Infiéis Casadas.

O mito de que as mulheres que traem procuram amor…

O mito de que as mulheres casadas infieis procuram sobretudo um novo relacionamento emocional amoroso também parece estar a cair por terra. Muitos são os casos em que a traição feminina tem como único objetivo quebrar a monotonia do casamento, ter novas experiências ou realizar fantasias.

Os homens, por seu lado, começam a abandonar a ideia de que as mulheres casadas estão eternamente “seguras” e têm cada vez mais consciência de que a esposa e mãe de família fiel e totalmente devota ao marido é  cada vez mais um cliché. Para aqueles que, casados ou solteiros, procuram uma aventura, as mulheres casadas deixam de ser vistas como algo de inatingível ou até proibido.

Uma nova realidade parece estar a marcar a sociedade contemporânea e homens e mulheres terão necessariamente de repensar os seus papéis e as suas expetativas quanto aos relacionamentos. As mulheres casadas infieis já não se comportam como as suas mães ou avós. E até as mais velhas parecem estar a despertar para esta nova realidade. A fidelidade no casamento só não terá os dias contados se souber fazer a sua parceira feliz!

Divirta-se porque a vida é curta! Se deseja encontrar mulheres que procuram a satisfação sexual ou a realização das suas fantasias, inscreva-se já no Infiéis Casadas!

Registo Rápido
Inscrição rápida
Confirme o seu registo em Infieis Casadas

Nome:

Email:
Email inválido

Sou:
Procuro:
Data de nascimento:

Sou maior de idade e aceito os termos

PUBLICAR COMENTÁRIO

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao utilizar os nossos serviços está concordar com a sua utilização. Saber mais sobre cookies
googleplustumblrstumbleuponreddit
Adriana_76 quer falar

Segunda-feira, Dezembro 11, 2017

Distância: 22 km

Procura: Sexo Oral

Estado: Solteiro/a

Fotos: 4